Deputado do dinheiro na meia anuncia que permanecerá na presidência da Câmara do DF

O presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Leonardo Prudente (sem partido), anunciou na tarde desta sexta-feira, em reunião informal da Mesa Diretora, que permanecerá no comando da Casa, apesar da pressão da oposição para que se mantenha afastado do cargo durante a investigação das denúncias de seu envolvimento em um esquema de corrupção. De acordo com inquérito comandado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), o esquema seria chefiado pelo governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (ex-DEM), e envolveria 10 deputados distritais.

Agência Estado |


Leonardo Prudente foi flagrado em vídeo da Operação Caixa de Pandora guardando nos bolsos e nas meias maços de dinheiro que seriam do esquema de propinas.

Dos cinco membros da Mesa Diretora, quatro participaram do encontro desta sexta-feira, realizado na casa do deputado Wilson Lima (PR), no Gama, cidade-satélite de Brasília. Segundo o deputado Cabo Patrício (PT), todos os parlamentares presentes pressionaram Prudente a se afastar da presidência da Câmara. Mas, segundo Patrício, Prudente, que havia se afastado do cargo após a divulgação das denúncias, alegou que um parecer da Procuradoria da Câmara é favorável a seu retorno à presidência.

De acordo com o secretário-geral da Câmara Legislativa, Gustavo Marquez, o deputado Prudente, como presidente eleito, pode pedir licença e retornar ao cargo a qualquer momento.

O PT, porém, questiona o fato de Prudente ter pedido 60 dias de licença da presidência da Câmara Legislativa alegando problemas de saúde, mas, menos de um mês depois, voltou ao cargo sem comunicar à Mesa Diretora. Na segunda-feira, segundo a líder petista, deputada Érika Kokay, o PT apresentará um requerimento ao plenário pedindo o afastamento de Prudente da presidência.

Além de Prudente, outros nove deputados respondem a processo acusados de quebra de decoro parlamentar por envolvimento no esquema de propina investigado pelo STJ.

Leia mais sobre:  Escândalo do DF

    Leia tudo sobre: câmaraescândaloescândalo no dfleonardo prudente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG