Defesa reforça pedido de revogação da prisão de Arruda

A defesa do ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda reforçou junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), no final da tarde de segunda, o pedido de revogação da prisão dele. Os advogados anexaram ao pedido a carta entregue por Arruda ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF) na qual afirma ter desistido de recorrer da cassação dele e também um laudo médico sobre recentes problemas na saúde do ex-governador detectados por exames feitos na semana passada.

Agência Estado |

Arruda é acusado de chefiar o esquema de corrupção chamado "mensalão do DEM" e está preso há mais de um mês sob acusação de tentar subornar uma testemunha.


Na semana passada, exames médicos detectaram uma lesão na artéria coronária de Arruda. A defesa pediu que o ex-governador passasse a noite no hospital, mas o ministro do STJ Fernando Gonçalves se recusou a atender a solicitação.

O ministro ainda está no STJ e a assessoria de imprensa do tribunal disse que ele pode tomar ainda nesta segunda uma decisão sobre o pedido de revogação da prisão do ex-governador.

    Leia tudo sobre: arrudagoverno

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG