Com buzinas, motoristas criam trânsito em frente à casa de Arruda

Após STJ decretar prisão preventiva do governador, motoristas fazem manifestação na residência oficial

Priscilla Borges, iG Brasília |

Menos de uma hora após a corte especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decretar a prisão preventiva do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido), manifestantes começavam a fazer barulho em frente à residência oficial do governo, em Águas Claras, cidade-satélite a 17 quilômetros do centro de Brasília.

O trânsito já caótico do fim da tarde na capital começou se agravar por volta das 18h em razão das manifestações.

Com buzinas e gritos de "Cadeia pra ele", motoristas paravam o carro até mesmo no meio-fio da pista oposta à residência para "registrar" o seu protesto.

Na residência, 20 policiais, em três camburões e um microônibus, foram destacados para garantir a segurança e evitar tumultos.

Alguns tiveram de atravessar a pista para fazer o patrulhamento e impedir que os carros parassem na rua e provocassem mais engarrafamento.

    Leia tudo sobre: arrudaescândalo no df

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG