Arruda recebe oração e livros de autoajuda na prisão

Preso desde a última quinta-feira na Superintendência da Polícia Federal, o governador licenciado do Distrito Federal, José Roberto Arruda, recebeu nesta terça-feira dois livros de autoajuda, trazidos por um policial militar do DF.

Agência Brasil |

O tenente Francisco de Souza, da Diretoria de Inativos e Pensionistas da Polícia Militar do DF, disse que "recebeu uma ordem divina para ajudar o governador" e, por isso, levou dois livros para Arruda: Como Permanecer Animado por 24 Horas e Da Derrota para a Vitória.

Além dos livros, Arruda recebeu apoio de uma aposentada, que veio de Ceilândia, a cerca de 30 quilômetros de Brasília, para fazer uma oração.

Com a Bíblia e um terço na mão, Maria Dolorosa Ferreira de Souza sentou sob uma árvore, do lado de fora da sede da PF, para pedir aos céus a liberdade do governador licenciado. Ele fez muita coisa boa pela minha cidade. Ele é católico, eu sei, vai conseguir sair.

Desde domingo, Arruda tem direito a banho de sol diário de até 15 minutos. O governador licenciado está preso em uma sala, sem grades, com uma cama de solteiro e banheiro com chuveiro de água quente.

A televisão que ficava na sala foi retirada e o governador não tem acesso à internet nem telefone, mas seus parentes e advogados podem levar jornais e revistas. As três refeições diárias também são trazidas por familiares.

Leia também:

Leia mais sobre: Arruda

    Leia tudo sobre: arruda

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG