Arruda ganha direito a banho de sol na Superintendência da PF

BRASÍLIA - O governador licenciado do Distrito Federal José Roberto Arruda (sem partido) passou a ter direito a banho de sol na Superintendência da Polícia Federal (PF), onde está preso desde quinta-feira (11). O primeiro foi no final da tarde de ontem (14).

Agência Brasil |



O banho de sol deve durar de dez a 15 minutos e ser tomado no fim do dia, por determinação da PF. Arruda faz a caminhada em um área interna da superintendência, longe das lentes da imprensa, que continua de plantão na entrada do local. Na caminhada, Arruda é escoltado por agentes. Depois de se exercitar, ele passa por um exame médico para checar se houve alguma alteração de pressão, por exemplo.

Arruda está preso na sala do diretor-geral do Instituto Nacional de Criminalística. Ele dispõe de uma cama de solteiro e de banheiro com chuveiro com água quente. A televisão que ficava na sala foi retirada e o governador não tem acesso à internet nem telefone, mas seus parentes e advogados podem levar jornais e revistas.

Um policial fica 24 horas dentro da sala com Arruda e outros ficam do lado de fora. A Polícia Federal não informa o número de agentes envolvidos na segurança de Arruda.

As três refeições são trazidas por parentes, já que a superintendência não fornece comida para presos, depois que a carceragem do local foi desativada. A esposa do governador, Flávia Arruda, foi quem trouxe o almoço de hoje (15).

De acordo com a Polícia Federal, Arruda tem dormido durante o dia.

Leia também:

    Leia tudo sobre: arrudaescândalo no df

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG