Lula fala ao iG sobre duração do mandato

Leia a transcrição do vídeo em que o presidente diz que nenhum governante faz obras importantes em quatro anos

Eduardo Oinegue, Luciano Suassuna e Tales Faria |

"Tenho vontade de fazer com que as experiências bem-sucedidas no Brasil sejam aplicadas em outros países, como os da África, da América Central. Eu tenho um certo inconformismo com a situação de alguns países. Ou seja, às vezes, o mandato é muito pequeno, de quatro anos, de cinco anos. E hoje, no caso do Brasil, por exemplo, com mandato de quatro anos, nenhum presidente da República consegue fazer uma obra estruturante. Entre você pensar em fazer a obra, contratar um projeto básico, fazer um projeto executivo, conseguir licença prévia, conseguir licença de instalação da obra, depois fazer licitação, depois tem o problema de disputas entre as empresas que perdem licitação no Poder Judiciário, depois tem o Tribunal de Contas, depois tem o Ministério Público. Entre você vencer todas as barreiras, acabou o mandato.

A Norte-Sul (tem um dado da sua empresa, tem um trecho que seria muito importante) vocês vão ficar impressionados com o que está acontecendo lá. Vamos fazer, vamos chegar até 1500 quilômetros da Ferrovia Norte-Sul pronta. Vou lá entregar um trecho e vou dar ordem de serviço para a gente levar até Estrela D´Oeste, em São Paulo, mais 950 quilômetros.

Então, vou falar uma coisa para vocês. Tem trecho dessa obra que o Tribunal de Contas pediu para Valete segurar 10% do pagamento porque tinha suspeita de irregularidade. Essa obra ficou parada um ano até que a Justiça decidisse. Aí a Justiça decidiu favorável à empresa continuar a obra. Agora, é o seguinte: quem paga o prejuízo do País dessa obra ficar parada um ano?"

    Leia tudo sobre: eleiçõeslula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG