Alunos podem se inscrever no Enem a partir desta segunda-feira

Inscrições começaram às 10h e vão até o dia 10 de junho. Alunos de escolas públicas não pagam

Priscilla Borges, iG Brasília | 23/05/2011 06:00 - Atualizada às 10:29

Compartilhar:

Estudantes interessados em participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem se inscrever a partir desta segunda-feira. As inscrições só serão feitas pelo site do Enem, que começou a receber dados a partir das 10h. Para participar, os candidatos devem informar o número do CPF (do próprio candidato, não vale o dos pais ou responsáveis) e do documento de identidade. O iG testou o sistema na manhã desta segunda-feira e não enfrentou problemas.

Os estudantes de escolas públicas e os candidatos que tenham carência socioeconômica não precisam pagar a taxa de inscrição, que é de R$ 35 para os demais candidatos. Essas informações serão solicitadas no ato da inscrição. Os candidatos de baixa renda devem preencher um documento disponível no site do Enem, declarando renda familiar. O pagamento da taxa deverá ser feito pelos candidatos até 13 de junho.

É importante que, durante a inscrição, os participantes não se esqueçam de informar se precisam de atendimento especial (provas ampliadas, ledor, ambiente diferenciado por causa de dificuldades de locomoção) ou de horário diferenciado por motivos religiosos. Esse tipo de solicitação não poderá ser feita após o processo de inscrição. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame, pode solicitar também documentos comprobatórios dessas necessidades.

Além de selecionar alunos em instituições públicas de ensino superior e bolsistas do Prouni em faculdades privadas, o Enem também poderá ser utilizado por estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA), o antigo supletivo, como certificação de conclusão de ensino médio. Quem for fazer a prova com esse objetivo deve informar a instituição (há uma lista disponível no site) que deverá ser a certificadora do diploma no ato da inscrição.

Provas e segurança

As provas do Enem serão aplicadas nos dias 22 e 23 de outubro, sempre às 13h. A presidente do Inep, Malvina Tuttman, anunciou na semana passada novas regras para aumentar a segurança da aplicação, que enfrentou problemas no ano passado. Uma delas é que os candidatos terão de deixar os aparelhos eletrônicos e celulares em sacos plásticos fornecidos pelos fiscais de prova.

Antes de começar as avaliações, os estudantes também serão alertados para verificar se todas as páginas dos cadernos de provas e os cartões de respostas estão impressos corretamente. Em caso de falhas, eles terão de trocar as provas imediatamente. A medida visa evitar as confusões de 2010, quando um lote de 21 mil cadernos de prova (da cor amarela) foi distribuído aos locais de prova com erro na montagem. Eles não continham todas as 90 questões das provas de ciências da natureza e humanas. Muitos alunos só perceberam os erros quando já tinham respondido parte das questões. Além disso, os cartões de respostas estavam com o cabeçalho das provas invertido.

O Inep também anunciou a instalação de dispositivos na gráfica que vai imprimir as provas para detectar possíveis erros de impressão antes de o material ser enviado aos locais de provas. Uma empresa de gestão e governança, a Módulo, e o Inmetro ainda ajudarão no controle de qualidade de todas as etapas do exame.


Para anotar na agenda

- Período de inscrição
Das 10h desta segunda-feira até as 23h59

- Onde se inscrever
Somente pelo site do Enem: http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricao

- Taxa de inscrição
Estudantes de escolas públicas e com carência socioeconômica não pagam. Os demais têm de pagar R$ 35 até o dia 13 de junho

- Necessidades especiais
Os participantes podem solicitar provas ampliadas, ledor ou ambiente diferenciado por causa de dificuldades de locomoção, por exemplo. Todas as necessidades dos alunos devem ser informadas no ato da inscrição. Os estudantes que precisam fazer a prova em horário diferenciado por motivos religiosos também.

Certificação de conclusão do ensino médio É possível utilizar o Enem como certificação de conclusão de ensino médio. Para isso, o estudante deve informar a instituição (há uma lista disponível no site) que será a certificadora do diploma.

- Confirmação da inscrição
Os estudantes vão receber um número de inscrição e uma senha que deverão ser guardados. Com esses dados, é possível acompanhar o processo e imprimir um cartão de confirmação. Quem perder a senha pode recuperá-la pelo site de inscrição.

- Cartão de confirmação
Nesse documento, estarão os data, local e hora das provas, indicação dos atendimentos especiais solicitados pelo candidato, opção de prova de língua estrangeira. Além de ficar disponível na página do Enem, o estudante recebe uma cópia pelos Correios. Esse documento deve ser levado no dia da prova, assim como o RG.

- Provas
Os candidatos farão quatro provas objetivas com 45 questões de múltipla escolha cada e uma redação. No primeiro dia, serão aplicadas as avaliações de ciências humanas e ciências da natureza (em quatro horas e meia) e, no segundo dia, de linguagens e códigos, matemática e a redação (em cinco horas e meia).

- Datas de aplicação
22 e 23 de outubro, às 13h

    Notícias Relacionadas



    Ver de novo