Vantagem de Obama a uma semana da presidencial americana

Os dois candidatos à Casa Branca estiveram hoje na Pensilvânia (leste), um dos Estados importantes para a eleição do 44º presidente dos Estados Unidos, a exatamente uma semana do pleito.

AFP |

Segundo a pesquisa diária Washington Post/ABC News, o democrata Barack Obama estaria a sete pontos de distância do adversário republicano John McCain (52% contra 45%). Segundo o site independente especializado RealClearPolitics (RCP), contaria com um avanço de um pouco mais de seis pontos (50,4% contra 43,6%).

Mais de 12 milhões de americanos já votaram até esta terça-feira, por antecipação, nas presidenciais americanas, com a maioria optando pelo candidato democrata Barack Obama, segundo dados ainda incompletos compilados por um especialista.

Para inverter a tendência, McCain briga para conservar os Estados ganhos por George W. Bush em 2004 e espera tirar a Pensilvânia dos democratas.

Sem a conquista deste Estado que não vota nos republicanos para a presidência desde 1988, as chances de McCain de conquistar a Casa Branca parecem reduzidas.

McCain optou por fazer a campanha na Pensilvânia ao lado da companheira de chapa Sarah Palin, apesar das tensões entre os dois descrita pela mídia americana.

"Quando dois franco-atiradores juntam suas forças, não estão sempre de acordo em tudo, mas é muito divertido", disse McCain diante de milhares de partidários reunidos em Hershey.

Segundo o site RCP, Obama possui vantagem superior a 10 pontos na Pensilvânia. Mas o lado republicano está persuadido que esta tendência pode mudar. Durante as primárias democratas, Obama perdeu na Pensilvânia para a rival Hillary Clinton.

aje/cel/sd

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG