Segurança no Iraque determinará a retirada das tropas, diz McCain

O candidato republicano à Casa Branca, John McCain, afirmou nesta terça-feira que as condições de segurança no Iraque determinarão a volta das tropas para casa, depois que Bagdá pediu um calendário de retirada dos soldados americanos.

AFP |

O comentário na véspera do primeiro-ministro iraquiano Nuri Al Maliki de que o Iraque pediu a Washington este calendário de retirada nas conversações sobre o futuro das forças americanas no país, teve repercussão entre os candidatos presidenciais americanos.

McCain, que apóia com firmeza uma estratégia de aumento das tropas, disse que os recentes progressos em termos de segurança são frágeis e que não devem correr riscos.

Mas seu adversário democrata, Barack Obama, um crítico da guerra que deseja a retirada da maioria dos soldados em 16 meses, disse que acha animador que o Iraque peça um calendário de retirada.

"Sempre disse que voltarão para casa com honra e vitória e não através de um calendário", afirmou McCain à MSNBC.

Leia mais sobre: eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG