Sarah Palin desperta interesse televisivo de Hollywood

LOS ANGELES - A atração midiática de Sarah Palin despertou o interesse de Hollywood, onde já se especula sobre o futuro televisivo da candidata republicana à Vice-Presidência dos Estados Unidos, informou nesta sexta-feira o canal MSNBC.

EFE |

Diante dos elevados índices de audiência obtidos pelos programas nos quais apareceu a governadora do Alasca, produtores e agentes da indústria do espetáculo começaram a avaliar a possibilidade de convencer Palin, de 44 anos, para que continue na telinha e deixe em um segundo plano sua carreira política.

Entre seus possíveis trabalhos em televisão foram pensados a apresentação de um programa de variedades do estilo do que é dirigido pela popular Oprah Winfrey, um espaço de debate com caráter informativo e inclusive alguém chegou a sugerir um "reality show" sobre sua família chamado "The Palins".

Após sua entrada na campanha eleitoral, a governadora do Alasca atraiu a atenção da imprensa, e representou um golpe de efeito para o Partido Republicano, se transformando em objeto de paródia na televisão.

A imitação realizada pela atriz Tina Fey no espaço "Saturday Night Live" deu a volta ao mundo, e a própria Palin acabou indo no domingo passado ao programa da rede "NBC", onde mostrou sua capacidade diante das câmaras.

A aparição da autêntica Palin no "Saturday Night Live" atraiu 14 milhões de espectadores, o melhor resultado deste espaço desde 1994.

"Qualquer pessoa do negócio que veja os números cada vez que ela aparece na tela diria que Sarah Palin seria genial (para um programa). A paixão que gera nos dois lados, amor e ódio, faz com que o povo de televisão diga 'imagine a audiência'", assegurou o produtor Steve Friedman.

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG