O candidato democrata Barack Obama advertiu nesta quarta-feira que o próximo presidente dos Estados Unidos terá uma tarefa difícil, quem quer que seja ele - respondendo, assim, a críticas dos republicanos que o acusam de falta de experiência.

"O próximo presidente terá que enfrentar uma grande quantidade de desafios em nível internacional e, no período de transição, um novo governo deve sempre se manter vigilante", disse Obama a jornalistas.

"Temos que ser cuidadosos, temos que nos manter alertas, para que quando for passado o comando desta democracia, outros não se aproveitem disso", afirmou o senador por Illinois, que se reuniu nesta quarta-feira com um grupo de assessores em política internacional.

col/jkb/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.