Powell elogia eleição de Obama mas descarta voltar ao governo

HONG KONG - O ex-secretário de Defesa dos Estados Unidos Colin Powell classificou a vitória de Barack Obama na eleição presidencial norte-americana como um dia histórico para o país, mas descartou a probabilidade de participar da administração do democrata. O presidente eleito Obama será um presidente para toda a América, disse Powell a jornalistas em Hong Kong.

Reuters |

Powell é um dos negros norte-americanos mais proeminentes. Ele serviu o Exército e ao governo por 40 anos,

Powell elogiou Obama por conduzir um campanha abrangente que ultrapassou barreiras étnicas, sociais e etárias e descreveu a vitória do senador democrata como uma ocasião histórica.

"O fato dele também ser negro só ativou a América, isso é muito emocionante", disse Powell sobre Obama, o primeiro presidente negro dos Estados Unidos.

Powell, general norte-americano aposentado e ex-secretário de Estado da administração do republicano George W. Bush, declarou apoio a Obama em outubro, quando chamou o democrata de "figura da transformação", dizendo que ele poderia ser um "presidente excepcional".

No entanto, Powell descartou a possibilidade de fazer parte da nova administração Obama com comentários ligeiramente diferentes daqueles que havia feito no último mês, quando disse não estar à procura de emprego, mas que poderia considerar se fosse cogitado.

"Eu não estou interessado em um cargo no governo, e nem me foi oferecido um. Eu não espero que me ofereçam", disse.

"Se ele me ligasse para pedir um conselho, eu já ficaria mais do que feliz em dá-lo, mas eu não posso esperar para voltar ao governo", acrescentou.

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG