Pesquisa aponta Obama com vantagem de 8 pontos sobre McCain

WASHINGTON - O candidato democrata à presidência, Barack Obama, supera seu adversário republicano, John McCain, por oito pontos percentuais, segundo uma nova enquete publicada hoje.

EFE |

A pesquisa conjunta do jornal "The Washington Post" e da rede de televisão "ABC" mostra que os eleitores têm mais confiança em Obama em assuntos econômicos, mas têm dúvidas sobre sua capacidade de lidar com uma crise internacional.

No total, o senador por Illinois conseguiu o apoio de 50% dos eleitores entrevistados, contra 42% de McCain.

O Post indica que McCain tem agora vantagem entre as mulheres e os eleitores independentes, mas insiste em que a superioridade de 19 pontos percentuais de Obama em assuntos econômicos se transformou em um grande desafio para McCain.

Metade dos eleitores consultados disse que a economia será "extremamente importante" na hora de decidir o voto.

O conflito no Iraque está em terceiro lugar. Em segundo lugar aparece uma série de assuntos, incluindo educação, saúde e terrorismo.

A enquete mostra também que a popularidade do presidente George W. Bush voltou a cair.

Assim, 28% dos consultados dizem aprovar sua gestão à frente da Casa Branca, enquanto 69% afirmam estar insatisfeito com ele.

A percepção pública do trabalho do Congresso é ainda pior e só 23% dos eleitores aprovam seu trabalho.

Os legisladores democratas têm um grau de aceitação de 35%, contra 25% dos republicanos.

O "Washington Post" destaca que o clima político continua sendo propício para os democratas, mas há insistência em que a corrida presidencial seja muito apertada devido às persistentes dúvidas sobre ambos os candidatos.

No caso de Obama, os eleitores têm dúvidas sobre sua capacidade para fazer frente aos assuntos internacionais e de segurança nacional.

No total, 49% dos consultados disseram que a pouca experiência do senador de 46 anos limitará sua capacidade para ser eficaz como presidente, enquanto 40% disseram que isso ajudará.

Entre os pontos fracos de McCain, que cumprirá 72 anos em agosto, está sua idade. Mais de quatro de cada 10 americanos asseguraram que a idade será um problema na candidatura de McCain à Casa Branca.

A enquete divulgada hoje foi feita entre 10 e 13 de julho entre 1.119 adultos. A margem de erro é de três pontos percentuais.

Leia mais sobre: eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG