curso intensivo de política externa - Eleições nos EUA - iG" /

Palin começa curso intensivo de política externa

NOVA YORK - A candidata republicana a vice-presidente dos Estados Unidos, Sarah Palin, iniciou na terça-feira uma maratona de dois dias de reuniões com líderes estrangeiros para aprender mais sobre a política internacional antes do debate contra seu rival democrata Joe Biden.

Redação com agências internacionais |

Governadora de primeiro mandato no Alasca, Palin, de 44 anos, praticamente não tem experiência diplomática e vem sendo questionada por isso. Ela foi a Nova York aproveitando a realização da sessão anual da Assembléia Geral das Nações Unidas.

O primeiro encontro foi com o presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, cujo governo tenta, com apoio dos EUA, combater a insurgência do Taliban.

Em seguida, ela encontrou o presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, que combate o narcotráfico e a guerrilha Farc com ajuda financeira norte-americana. Ainda na terça-feira ela teve uma reunião com o ex-secretário de Estado Henry Kissinger.

"Encontro proveitoso"

Uribe Palin se reuniram nesta terça-feira em Nova York, em um encontro descrito pelo líder latino-americano como "muito proveitoso".

As autoridades colombianas disseram à imprensa, que durante a reunião, de 30 minutos de duração, um dos assuntos destacados foi o tratado de livre-comércio entre os dois países e pendente de aprovação no Congresso americano.


Sarah Palin e Uribe em Nova York / AFP

A reunião com Uribe faz parte de uma série de encontros da governadora do Alasca com líderes de países aliados aos EUA.

No dia 2, ela tem um debate contra o veterano Biden, presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado e amplo conhecedor da política global.

Outros encontros

Na quarta-feira, ela conversará com o presidente iraquiano, Jalal Talabani, com o chefe de Estado paquistanês, Asif Zardari, e com Saakashvili.

Neste mesmo dia, se reunirá com o presidente ucraniano Viktor Yushchenko e com o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh.

Com a exceção de Saakashvili e Yushchenko, os demais líderes que se reunirão com Palin também devem se encontrar ao longo desta semana com o presidente dos EUA, George W. Bush.

Imprensa vetada

Repórteres de texto não tiveram acesso à sessão de fotos no início do encontro com Palin na suíte onde Karzai se hospeda. Um produtor de TV contou que Karzai estava falando com a candidata sobre seu filho Mirwais.

Tracey Schmitt, assessora da candidata a vice, atribuiu o veto aos repórteres a uma "confusão" e disse que eles seriam permitidos em eventos posteriores --de fato, os jornalistas puderam ir a uma sessão de fotos com Palin e Uribe.

Leia mais sobre eleições nos EUA

* Com EFE e Reuters

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG