Obama tem 9 pontos de vantagem sobre McCain, mostra pesquisa

WASHINGTON - A vantagem do candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, sobre o republicano John McCain na disputa eleitoral norte-americana subiu para 9 pontos, em meio às turbulências no sistema financeiro e ao crescente pessimismo em torno da economia, segundo uma pesquisa nacional Washington Post-ABC News divulgada nesta quarta-feira.

Reuters |

Para grupos raciais, economia é prioridade, diz pesquisa

Entre os prováveis eleitores, a pesquisa mostrou que Obama tem 52% da preferência, contra 43% de McCain. Há duas semanas a disputa estava praticamente empatada, McCain tinha 49%, contra 47% de Obama.

A crise financeira, provocada pelo colapso do mercado financeiro, tornou-se o tema mais importante da eleição presidencial, marcada para 4 de novembro.

52% dos entrevistados disseram acreditar que a economia entrou numa trajetória de queda grave e de longo prazo.

80% disseram estar preocupados com a direção da economia, quase três quartos se preocupam com os choques nos mercados de ações, e seis em cada 10 estão apreensivos com as próprias finanças familiares, apontou o levantamento.

Metade das pessoas que responderam à pesquisa apontaram a economia e o emprego como os temas que determinarão o voto, contra 37% há duas semanas.

A pesquisa ouviu 1.082 pessoas, incluindo 916 eleitores registrados, e foi realizada de sexta a segunda-feira. A margem de erro para toda a amostragem é de três pontos percentuais para mais ou para menos e de quatro pontos percentuais para a amostragem de 780 prováveis eleitores.

Leia mais sobre eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG