Obama tem 3 pontos percentuais de vantagem sobre McCain, aponta pesquisa

NASHVILLE - O democrata Barack Obama tem uma pequena vantagem de 3 pontos percentuais sobre o republicano John McCain na disputa pela Presidência dos Estados Unidos, menos de um mês antes das eleições, segundo pesquisa Reuters/C-SPAN/Zogby divulgada na terça-feira.

Reuters |

Obama tem 48 por cento da preferência dos prováveis eleitores, contra 45 por cento de McCain. A pesquisa tem margem de erro de 2,8 pontos percentuais. Quatro por cento dos eleitores disseram ainda estar indecisos.

O levantamento, o primeiro de uma série de pesquisas diárias que pretende rastrear a opinião pública até a eleição de 4 de novembro, mostrou Obama com vantagem entre as mulheres e os independentes, grupos cruciais do eleitorado norte-americano.

"Obama lidera entre grupos importantes, mas essa disputa está longe de estar encerrada", disse John Zogby, especialista em pesquisas.

Debates

Obama e McCain voltam a se encontrar nesta terça, no segundo dos três debates agendados entre ambos, em Nashville, Tennessee. A pesquisa foi realizada entre sábado e segunda-feira, após o debate entre os candidatos a vice-presidente Sarah Palin (republicana) e Joe Biden (democrata).

A pesquisa mostrou Obama liderando entre os independentes, com 49 por cento desse eleitorado contra 42 por cento de McCain. Entre as mulheres, o democrata tem 51 por cento das intenções de voto, contra 42 por cento do republicano.

O senador por Illinois, de 47 anos, tem ainda 9 de cada 10 votos de eleitores negros e lidera entre os hispânicos, eleitores jovens, aqueles que se auto-descrevem como moderados e aqueles que ganham menos de 50 mil dólares anuais.

McCain, senador pelo Arizona de 72 anos de idade, lidera entre os homens, eleitores brancos, entre os idosos, os católicos e aqueles que ganham mais de 100 mil dólares por ano.

Os dois candidatos solidificaram o apoio entre os eleitores de seus próprios partidos, segundo a pesquisa, conseguindo 9 entre cada 10 votos dos simpatizantes de suas respectivas legendas.

O independente Ralph Nader e o libertário Bob Barr conseguiram 1 por cento de apoio cada, segundo a pesquisa.

O levantamento ouviu 1.237 prováveis eleitores.

Leia mais sobre eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG