Obama pede desculpas a mulheres muçulmanas impedidas de serem fotografadas com ele

O candidato democrata à Presidência Barack Obama pediu desculpas pessoalmente a duas mulheres muçulmanas depois que voluntários de sua campanha as impediram de ser fotografadas com ele por estarem usando véus.

AFP |

Obama conversou por telefone com Shimaa Abdelfadeel e deixou uma mensagem para Hebba Aref depois que líderes muçulmanos norte-americanos pediram ao candidato democrata que pedisse desculpas às mulheres pessoalmente.

A equipe de campanha teria culpado voluntários pelo incidente que, durante um comício em Detroit, Michigan (norte), disseram às duas mulheres muçulmanas que não poderiam ficar atrás de Obama devido as suas vestimentas.

"As ações destes voluntários são inaceitáveis e de forma alguma refletem uma política de minha campanha", disse Obama em um comunicado.

"Nossa campanha quer unir as pessoas e estou muito agradecido de que a senhora Abdelfadeel tenha aceitado nossas desculpas e espero que a senhora Aref e quem quer que tenha se sentido ofendido aceite também minhas desculpas", acrescentou.

bur-lt/dm

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG