Obama ganha terreno sobre Hillary na Pensilvânia, diz pesquisa

WASHINGTON - A pré-candidata democrata à Presidência dos EUA Hillary Clinton tem 6 pontos percentuais de vantagem sobre Barack Obama entre os prováveis eleitores democratas na prévia da Pensilvânia, segundo pesquisa da Quinnipiac University divulgada na terça-feira. O levantamento mostra, no entanto, que Obama está reduzindo a liderança da ex-primeira-dama no Estado.

Reuters |



A duas semanas da prévia, marcada para 22 de abril, Hillary tem 50 por cento das intenções de voto contra 44 por cento de Obama. Na pesquisa anterior, Hillary tinha vantagem de 9 pontos percentuais, com 50 por cento contra 41 por cento de Obama.

Obama, senador por Illinois, e Hillary, senadora por Nova York, disputam a indicação do Partido Democrata para disputar a eleição presidencial de novembro contra o republicano John McCain.

Entre as mulheres da Pensilvânia, o apoio a Hillary se manteve estável em 54 por cento, mas Obama ganhou terreno na nova pesquisa, com 41 por cento de apoio contra 37 por cento no levantamento anterior.

A pesquisa mostrou que, entre os eleitores brancos, Obama ganhou 4 pontos percentuais, para 38 por cento, enquanto Hillary perdeu 3 pontos percentuais, para 56 por cento.

Entre os eleitores com menos de 44 anos o apoio a Obama cresceu 4 pontos percentuais, para 55 por cento. Já os membros desse grupo que pretendem votar em Hillary caiu 2 pontos percentuais, para 40 por cento.

A pesquisa ouviu 1.340 prováveis eleitores democratas na prévia e foi realizada entre os dias 3 e 6 de abril, com margem de erro de 2,7 pontos percentuais para mais ou para menos.

(Reportagem de Joanne Allen)

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG