Obama em vantagem em dois de três estados-chave

O candidato democrata à presidência americana, Barack Obama, supera claramente o republicano John McCain nos estados de Ohio e Pensilvânia, mas na Flórida a disputa é mais acirrada para as eleições de 4 de novembro, revela uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira.

AFP |

Em Ohio, Obama venceria McCain por 51% a 42%, enquanto na Pensilvânia a vantagem seria ainda maior, 53% a 41%, segundo uma pesquisa da Universidade de Quinnipiac.

"A seis dias das eleições, Barack Obama parece resistir aos esforços tardios e curtos de John McCain em Ohio e Pensilvânia, mas a vantagem de dois pontos do democrata entre os eleitores na Flórida deixa este estado no ar", afirmaram os coordenadores da pesquisa.

"Ninguém foi eleito presidente desde 1960 sem ganhar em dois destes três estados", alertaram.

Na Flórida, a diferença é de apenas dois pontos a favor do senador democrata, 47% a 45%, de acordo com a sondagem realizada nos três estados chave entre os dias 22 e 26 de outubro.

"Se Barack Obama levar a Flórida, pode alcançar ou ficar perto da margem da reeleição do presidente Bill Clinton em 1996", acrescentam os coordenadores da pesquisa.

Com os três estados na mão, Obama conseguiria 379 grandes eleitores (de um total de 538) para ganhar a votação presidencial no colégio eleitoral.

A última vez que um candidato à presidência venceu os três estados foi Ronald Reagan em 1980, em sua primeira eleição para a Casa Branca.

Na Flórida, um estado dominado pelo voto hispânico, McCain mantém a popularidade entre os eleitores que se consideram brancos: 53% afirmam que votariam nele, contra 40% das intenções de voto deste grupo para Obama.

No entanto, de acordo com os especialistas de Quinnipiac, a votação antecipada dos democratas na Flórida é quase 10 pontos superior a dos republicanos.

Leia mais sobre eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG