Michelle Obama abrirá 45ª Convenção Democrata

DENVER - Michelle Obama, que pode se tornar a primeira primeira-dama negra dos EUA, caso seu marido, Barack Obama, seja eleito presidente do país em novembro, terá o privilégio de inaugurar a 45ª Convenção Democrata nesta segunda-feira à noite, em Denver (Colorado, oeste).

Redação com agências internacionais |


Clique para ver as galerias de fotos da Convenção Democrata em Denver

Na convenção, Michelle, que chegou a Denver acompanhada das filhas - Malia, de 10 anos, e Sasha, de 7 -, de sua mãe, Marian Robinson, de seu irmão, Craig Robinson, e da irmã de Obama, Maya Soetoro-Ng, vai se esforçar para vender a imagem de seu marido como a de "um cara comum".

O objetivo é mostrar um Obama bastante diferente do candidato elitista apresentado pelos adversários republicanos.

Logo depois desse discurso, o candidato democrata deverá se pronunciar, por uma conexão via satélite, de Kansas City, no estado do Missouri (centro dos EUA), onde fazia campanha hoje.

De calça preta e jaqueta de seda verde-escura, Michelle visitou o local nesta segunda de manhã, na companhia das filhas.

"Estou impaciente para estar aqui essa noite", comentou, enquanto as meninas brincavam com o martelo com o qual o presidente do Partido Democrata, Howard Dean, abrirá a convenção, solenemente, às 21h GMT (18h de Brasília).

"Ninguém no mundo conhece Barack Obama melhor do que sua mulher, Michelle", garantiu o porta-voz da Srª Obama, Josh Earnest, acrescentando que a própria Michelle "encarna uma história muito americana", em referência às origens modestas da mulher do candidato democrata.

Leia também:

Leia mais sobre eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG