McCain se aconselharia com Palin, mas não com Obama ou Biden

O candidato republicano à Casa Branca, John McCain, viu-se em apuros, nesta quarta-feira, ao responder à pergunta sobre se pediria conselhos de sua companheira de chapa, a governadora do Alasca, Sarah Palin, em matéria de Política Externa.

AFP |


"Já lhe pedi conselho em muitas oportunidades no passado", assegurou McCain, em declarações à Rádio Pública Nacional (NPR), sem especificar sobre quais temas.

"Não posso me imaginar pedindo (conselhos) ao senador (Barack) Obama, ou ao senador (Joe) Biden, porque estiveram errados", desconversou McCain, referindo-se a seus adversários democratas na disputa pela presidência dos EUA.

"Eles se enganaram a respeito do Iraque. Enganaram-se a respeito da Rússia. O senador Obama não tem qualquer experiência e se enganou nos temas nos quais se envolveu", disse.

Diante da insistência do jornalista, sobre se pediria conselhos a Palin, McCain respondeu: "Definitivamente, não perguntaria a eles (Obama e Biden), e já perguntei à governadora Palin, particularmente em temas energéticos". "Aprecio sua experiência e conhecimento nisso e em muitos outros temas", completou McCain, ainda sem especificar que temas seriam esses.

Ao ser questionado sobre se a experiência de Sarah Palin em temas energéticos se estende ao mercado energético internacional, McCain não vacilou: "É claro".

Segundo ele, a experiência de Palin se estende "a uma ampla variedade de temas, desde sua visão das ameaças que enfrentamos de islamitas radicais, a áreas específicas do planeta". "Estou muito orgulhoso dela", garantiu.


    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG