McCain pede à Rússia que saia do território da Geórgia

O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, John McCain, pediu à Rússia, nesta sexta-feira, que deixe imediatamente o território da Geórgia, e disse que os Estados Unidos deveriam pedir uma sessão de emergência na Organização das Nações Unidas (ONU).

Redação com agências internacionais |

"A Rússia deve interromper imediatamente e incondicionalmente suas operações militares, tirando todas suas forças do território soberano da Geórgia", disse McCain a repórteres a Iowa.

McCain expressou o desejo de que Washington solicite uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU para pedir à Rússia que mude sua posição.

"Os Estados Unidos devem convocar imediatamente uma sessão de emergência no Conselho de Segurança da ONU para pedir à Rússia que reverta o curso".

"Forças militares russas cruzaram a fronteira internacionalmente reconhecida da nação soberana da Geórgia", afirmou McCain em comunicado. "

"As conseqüências (de uma guerra aberta entre Rússia e Geórgia) para a estabilidade euro-atlântica seriam graves", avisou o senador de Arizona.

"A comunidade internacional precisa estabelecer uma força de manutenção da paz verdadeiramente neutra e independente na Ossétia do Sul", finalizou o senador de Arizona.

(*Com informações das agências AFP e Reuters)

Leia mais sobre: eleições nos EUA - Geórgia

    Leia tudo sobre: eleições nos euageórgia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG