McCain escolhe Sarah Palin como candidata a vice

WASHINGTON - O candidato republicano John McCain confirmou nesta sexta-feira a indicação da governadora do Alasca, Sarah Palin, como sua companheira de chapa na disputa pela presidência dos EUA, informou seu gabinete à imprensa. O anúncio formal deve ser feito em um comício em Ohio nas próximas horas.

Redação com agências internacionais |

Palin, de 44 anos, é governadora do Alasca desde 2006, e é um rosto relativamente desconhecido na arena política americana. Trata-se da segunda mulher a alcançar a candidatura à vice-presidência dos EUA, após a democrata Geraldine Ferraro, em 1984.

A escolha de Palin chega como uma surpresa da campanha republicana, já que seu nome não estava entre os mais cotados por analistas e pela imprensa nas últimas semanas.

Um comunicado da campanha de McCain indicou nesta sexta-feira que Palin é uma "executiva firme", que demonstrou durante seu mandato à frente do Alasca "estar preparada para ser presidente". "Palin juntou republicanos e democratas em sua administração e tem um histórico de mudança e reformas que necessitamos em Washington", assegura o comunicado.

Analistas dizem que McCain pode tê-la escolhido como uma tática para conquistar o voto de eleitoras democratas que ficaram decepcionadas com a derrota de Hillary Clinton, que disputou com Obama a indicação do partido Democrata à Casa Branca. Ela também teria o apelo de ser relativamente jovem.

Casada e mãe de cinco filhos, ela é contra o "aborto", membro da National Rifle Association (NRA), o poderoso lobby americano das armas de fogo, e defende a construção de um duto para transportar gás natural no Alaska, o estado mais vasto dos EUA.

Além de uma surpresa, a escolha de Palin, que chegou a ficar em segundo lugar em um concurso de beleza no Alasca em sua juventude, é uma aposta política arriscada, com a qual McCain tenta demonstrar sua independência.


Sarah Palin é a governadora do Alasca / AP

A governadora do Alasca nasceu em 1964 no Idaho, interior dos Estados Unidos. Sua família se mudou para o Alasca quando Sarah era criança. Ele é casada com Todd Palin, que é esquimó.

Em 2006, ela foi eleita a mais jovem e primeira governadora do Alasca.

Antes de ser governadora, Sarah Palin foi prefeita e membro do conselho municipal de Wasila, uma pequena cidade do Alasca. Durante seu mandato como governadora, Palin deu prioridade aos assuntos de política energética e recursos naturais.

Expetcativas frustradas

A escolha de Palin frustrou as expectativas dos grandes favoritos ao posto, que incluíam o ex-governador do Massachusetts Mitt Romney e o governador de Minnesota, Tim Pawlenty, que teriam sido, segundo os analistas, opções mais convencionais.

Os rumores sobre a designação de Palin começaram a ganhar força esta manhã, depois que um avião procedente do Alasca aterrisou no aeroporto de Dayton, em Ohio, onde McCain deve apresentar hoje o nome de sua vice.

Mas ainda assim -habitualmente não há aviões do Alasca aterrisando em Dayton- os meios de comunicação demoraram a dar crédito a esta possibilidade, já que os próprios assessores da governadora achavam que ela continuava em seu estado.

McCain e Palin enfrentarão o candidato democrata Barack Obama e seu candidato a vice, o senador John Biden, nas eleições de 4 de novembro.

Aguarde mais informações.

Leia mais sobre:  eleições nos EUA

* Com AP, EFE e BBC

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG