McCain apresenta declaração de renda mas omite a da mulher

O candidato republicano à Casa Branca, John McCain, divulgou nesta sexta-feira sua declaração de renda dos últimos dois anos, mas recusou-se a divulgar a da sua mulher, a milionária herdeira de uma companhia de distribuição de cerveja.

AFP |

McCain apresentou seu salário como senador, 162.000 dólares por ano, além de 23.000 dólares recebidos em pagamentos da previdência social, e 58.000 dólares de aposentadoria como piloto da marinha.

O candidato, de 71 anos, também recebeu 80.000 dólares em 2006 e 176.000 em 2007 por direitos autorais de livros que escreveu.

Contudo, o senador pelo Arizona não divulgou as declarações de renda de sua mulher, Cindy McCain, herdeira e presidente de uma companhia de distribuição de cerveja avaliada em dez milhões de dólares. O casal apresenta declarações de renda separadas.

"Desde o início do casamento, o senador McCain e sua mulher sempre preencheram declarações separadas", afirmou, em um comunicado, o comitê de campanha.

"Para proteger a privacidade dos seus filhos, Cindy McCain não irá revelar a sua declaração de impostos", acrescentou.

Os rivais de McCain, os senadores democratas Barack Obama e Hillary Clinton, revelaram sua declaração de renda junto com a de seus cônjugues.

Em 2007, Obama e sua mulher Michelle tiveram ganhos de 4,2 milhões de dólares, dos quais 3,9 milhões em direitos autorais.

Contudo, esses valores empalidecem se comparados aos do casal Clinton, que, segundo os documentos apresentados, reuniram mos últimos oito anos 109 milhões de dólares desde que deixaram a Casa Branca. Entre esta soma, 52 milhões de dólares provêem de royalties recebidos por conferências dadas por Bill Clinton.

Hillary e Obama estão em uma dura disputa para enfrentar McCain nas eleições de novembro.

aje/fb/sd

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG