agradecimento, humildade e confiança - Eleições nos EUA - iG" /

McCain aceita candidatura com agradecimento, humildade e confiança

ST. PAUL - O candidato republicano à Casa Branca, John McCain, afirmou na noite desta quinta-feira, em seu discurso de aceitação na Convenção Republicana, que recebe a nomeação do partido com agradecimento, humildade e confiança.

Redação com agências internacionais |

Após ser recebido com cerca de dois minutos de aplausos, McCain expressou seu agradecimento - embora sem mencionar seu nome - ao presidente George W. Bush, por "liderar o país em dias obscuros, após o pior atentado em solo americano da história".


McCain foi ovacionado por cerca de 2 minutos / AP

Aos republicanos presentes na Convenção, McCain afirmou que não irá desapontá-los. E uma palavra ao senador Obama e seus seguidores. Nós vamos nos enfrentar nos próximos meses, mas eu os respeito. Somos americanos e essa é uma associação que significa muito para mim, disse.

McCain também falou sobre os cinco anos que passou como prisioneiro de guerra no Vietnã. "Eu me apaixonei por meu país quando eu era prisioneiro no país de outras pessoas. Eu nunva mais fui o mesmo. Eu era um homem do meu país", afirmou.

O candidato republicano disse que se for eleito presidente trabalhará para estabelecer boas relações com a Rússia, mas advertiu que os Estados Unidos não podem " fechar os olhos diante da agressão " contra a Geórgia.

"Como presidente, trabalharei para estabelecer boas relações com a Rússia, para que não tenhamos que temer a volta da guerra fria, mas não podemos fechar os olhos à agressão ou ao que viole a lei internacional e ameace a paz e a estabilidade do mundo e a segurança do povo americano".

Depois de criticar a Rússia, o candidato disse que pretende manter uma boa relação com Moscou e evitar o retorno da Guerra Fria . Ao aceitar a nomeação presidencial de seu partido, McCain foi ovacionado ao criticar a invasão militar russa à vizinha Geórgia no mês passado.

Protesto durante discurso

Vários ativistas contra a guerra interromperam o discurso de John McCain na Convenção Republicana. A segurança do evento retirou os manifestantes, enquanto a platéia gritava "U.S.A, U.S.A". As bandeiras exibidas pelos dois manifestantes foram tomadas com energia pelos membros da segurança.

Leia mais sobre eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG