Liderança de Obama sobre McCain diminui, segundo revista

WASHINGTON - O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, tem 3% de vantagem sobre o republicano John McCain em uma pesquisa divulgada pela revista Newsweek no domingo - na última pesquisa, feita no mês passado, a liderança era de 15 pontos. Considerando a margem de erro da pesquisa, a diferença entre os candidatos é considerada um empate técnico

Redação com agências internacionais |

Obama, que é senador por Illinois, tem o apoio de 44 por cento das pessoas consultadas pela pesquisa. Já McCain teve 41 por cento. A diferença é insignificante do ponto de vista estatístico, disse a revista em seu site. Quinze por cento dos eleitores ainda estão indecisos.

Uma pesquisa da Newsweek feita no dia 20 de junho mostrava Obama com 51 por cento, contra 36 por cento de McCain.

Na nova pesquisa, 53 por cento dos eleitores, incluindo 50 por cento daqueles que antes apoiavam Hillary Clinton, acreditam que Obama mudou sua posição em relação a questões centrais a fim de ganhar vantagem política, disse a revista.

A "Newsweek" não apontou causas para a forte queda na popularidade do senador Obama, embora tenha indicado que parte da explicação possa estar nas diferenças de amostras entre a atual enquete e a anterior.

Os resultados da revista são parecidos com os divulgados ontem pelo centro Rasmussen, que realiza pesquisas diárias, que indicou que os dois candidatos estavam empatados com 43% cada.

A pesquisa consultou 1.209 eleitores registrados entre os dias 9 e 10 de julho, e tem margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

(*Com informações das agências Reuters e EFE)

Leia mais sobre: eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG