Latinos republicanos reforçam apoio a Palin

ST. PAUL - Os latinos participantes da convenção republicana realizada em St. Paul mostraram apoio hoje à candidata do partido à vice-presidência, Sarah Palin.

EFE |

A vice de John McCain fará esta noite seu discurso de aceitação da candidatura na convenção, quando deve atrair todos os olhares devido às recentes revelações sobre sua vida pessoal.

Os republicanos passaram os dois primeiros dias de convenção dando detalhes sobre a polêmica opção pela governadora do Alasca.

Em declarações à imprensa, a ex-tesoureira do governo dos EUA, Rosario Marín, afirmou que Palin é uma "excelente candidata" que, como mãe de cinco filhos, pode entender "os problemas de uma família média".

A política republicana se declarou "indignada" e "ofendida" com os ataques contra Palin.

"Todas, como americanas e como mulheres, devemos dizer que basta", afirmou Marín, que assegurou que as críticas afetaram a governadora de forma especial pelo fato de ela ter um filho com síndrome de Down.

O congressista porto-riquenho Luis Fortuño, assegurou que "chegou a hora de falar de assuntos sérios, e não de rumores".

Para ele, a governadora "não é tão conhecida, e isso é o que faz dela (...) diferente".

Sobre imigração, um dos assuntos que mais preocupam a comunidade latina, Fortuño disse que "sem dúvida, (Palin) apoiará totalmente os esforços para uma reforma migratória que busque as soluções necessárias para os EUA".

McCain foi um dos patrocinadores da fracassada reforma migratória, embora desde então tenha mudado sua postura. O senador chegou a assegurar que não votaria a favor da medida que ele mesmo havia proposto inicialmente.

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG