John McCain defende escolha de Sarah Palin como candidata à vice

O candidato republicano à eleição presidencial americana John McCain defendeu neste domingo a escolha de Sarah Palin como sua companheira de chapa, em resposta às críticas dos democratas sobre a falta de experiência da eventual vice-presidente dos Estados Unidos.

AFP |


"Ela tem um bom julgamento. Ela não pensa, ao contrário do senador Barack Obama (seu adversário democrata na corrida à Casa Branca), que o Irã é um problema menor", disparou McCain durante uma entrevista ao canal de televisão Fox News realizada em Saint Paul (Minnesota, norte dos EUA) na véspera da abertura da convenção de seu partido.

"Ela foi comandante-em-chefe da guarda nacional do Alasca", prosseguiu, lembrando que o filho de Sarah Palin, um militar, deve ser enviado em breve ao Iraque. "Tenho orgulho do que ela conhece", destacou.

Alguns comentaristas e os adversários de McCain criticaram a escolha da Sarah Palin, 44 anos e mãe de cinco filhos, ressaltando a falta de experiência da governadora do Alasca.

McCain também respondeu às críticas do ex-presidente americano Jimmy Carter, que declarou neste domingo ao USA Today que o candidato republicano "tenta de todas as formas possíveis tirar proveito" de seu heroísmo durante a guerra no Vietnã.

"Não acho que a maioria dos americanos pense assim. Na verdade, a maioria dos meus simpatizantes gostariam que eu falasse mais da minha experiência, que foi formadora.

"Uma pessoa se julga pelo caráter, e grande parte do meu caráter foi formado em um campo de prisioneiros", acrescentou.

John McCain passou mais de cinco anos nas prisões norte-vietnamitas, onde foi torturado.

    Leia tudo sobre: mccain

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG