Hillary e Obama se preparam para celebrar a reconciliação em Unity

A pequena cidade com o nome simbólico de Unity, em New Hampshire (nordeste), prepara-se para receber nesta sexta-feira o primeiro encontro de campanha dos ex-rivais democratas na disputa pela presidência americana, Barack Obama e Hillary Clinton.

AFP |

Mais de três semanas após a vitória de Obama na corrida pela indicação, esta será a primeira oportunidade para os militantes de verem lado a lado os dois democratas, depois de um aumento gradual das demonstrações de unidade.

Obama raramente deixa passar uma oportunidade de prestar homenagem à ex-primeira-dama, que manifestou seu apoio público ao senador pelo Illinois no dia 7 de junho, seguida na terça-feira por seu marido, o ex-presidente Bill Clinton.

Nesta quinta-feira, Hillary e Obama deverão se reunir juntos com doadores, em Washington, com grande discrição, antes do "momento formidável" que o senador do Illinois prevê em Unity.

Na quarta-feira, Obama havia explicado que contava com a ex-primeira-dama para fazer campanha em seu nome. "Ela pode ser extraordinariamente eficaz", havia dito durante uma entrevista coletiva à imprensa em Chicago. "Evidentemente estaremos limitados pela falta de tempo, mas fico feliz em realizar uma campanha vigorosa com ela".

Obama se apressou em minimizar a ausência de Bill Clinton, muito ofensivo em relação a ele durante as primárias; mas sua esposa Michelle Obama deverá ir a Unity.

"Compreendo que o ex-presidente não queira atrair as atenções", disse, assegurando que conta com sua ajuda: "ele é um político brilhante, foi um presidente memorável, gostaria que ele me ajudasse, não somente para fazer campanha, mas também para governar".

O evento de sexta-feira, intitulado "Unir pela mudança", colocará Unity no centro dos acontecimentos políticos, para a alegria de seus moradores.

"É tão apaixonante, nunca havíamos vivido uma coisa como essa", disse Mary Hall, tesoureira dessa cidade de 1.100 moradores... "e mais ainda, se você contar todas as vacas", brincou seu marido Ken.

Os eleitores de Unity ficaram divididos no dia 8 de janeiro, concedendo 107 votos para Hillary e Obama, igualmente. Em nível de Estado, a senadora por Nova York conquistou uma vitória apertada, contrariando as pesquisas.

Todos em Unity aproveitavam em paz o verão nessa paisagem bucólica... até o anúncio, na segunda-feira, da escolha de sua cidade para ser o cenário da reconciliação pública de Hillary e Obama.

Leia mais sobre: eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG