Washington, 27 out (EFE).- As autoridades federais dos Estados Unidos anunciaram hoje que descobriram um plano que dois grupos neonazistas elaboraram para matar o candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, informou a rede de televisão NBC.

Em documentos divulgados hoje, o Departamento de Álcool, Tabaco e Armas de Fogo (ATF, na sigla em inglês) acrescentou que o plano também incluía o assassinato de mais de 100 pessoas de raça negra no estado do Mississipi. EFE ojl/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.