VIRGÍNIA - Mark Warner, ex-governador do Estado americano da Virgínia e candidato ao Senado, ocupará a posição do candidato democrata à Casa Branca, Barack Obama, de quatro anos atrás e será o orador principal da convenção do Partido Democrata, que será realizada no final do mês em Denver, no estado do Colorado.

"Da mesma forma que Barack Obama, Mark Warner não tem medo de enfrentar os desafios e reunir as pessoas para encorajar a mudança a começar", disse o gerente da campanha de Obama, David Plouffe, em comunicado.

O papel de orador principal costuma ser dado a alguma figura promissora dentro do partido e também é um trampolim na carreira política do escolhido.

Em 2004, foi o então candidato ao Senado por Illinois, Barack Obama, que falou na convenção realizada em Boston, onde fez um discurso em que convidou a fechar as feridas raciais ainda abertas nos EUA.

Esse discurso gerou grande repercussão e permitiu que Obama se lançasse na primeira linha da cena política nacional.

Warner é um homem de negócios que fez fortuna na indústria de telefonia celular e foi governador da Virgínia em 2001.

Pôr Warner em primeiro plano da política nacional poderia ajudar sua campanha na Virgínia, onde é candidato ao Senado.

A Virgínia também é um empecilho para Obama já que é um estado tradicionalmente republicano, onde o atual presidente dos EUA, George W. Bush, ganhou nas últimas duas eleições. A campanha de Obama quer reverter esse resultado.

Warner participará do segundo dia da convenção, 26 de agosto, e será precedido pela senadora por Nova York Hillary Clinton, adversária de Obama nas primárias presidenciais.

O assunto da noite deve ser economia Chegou-se a cogitar a possibilidade de que Hillary seria a oradora principal, mas os assessores de Obama e da ex-primeira-dama tiveram delicadas negociações sobre o papel dela na convenção.

Dar o papel principal a Warner pode ser um gesto da campanha para demonstrar que tudo está acontecendo em prol da unidade do partido.

A mulher de Obama, Michelle, e a presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, serão as principais figuras da primeira noite, dia 25 de agosto, que será dedicada à unidade dos EUA.

Nesse dia, será feita uma homenagem ao senador por Massachusetts Ted Kennedy, recentemente operado de um tumor no cérebro, que ainda convalescente transmitirá seu apoio a Obama em um vídeo de cinco minutos.

O tema da noite de quarta-feira, dia 27 de agosto, é o futuro da segurança americana. Nesse dia, é aguardada a participação do candidato à vice-presidente, que ainda não foi nomeado por Obama.

Já Obama falará no dia 27 de agosto, e no dia 28 aceitará a nomeação do Partido Democrata como candidato oficial à Presidência dos EUA.

Leia mais sobre: eleições nos EUA

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.