o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que hoje a mudança chegou aos Estados Unidos." / mudança chegou aos Estados Unidos - Eleições nos EUA - iG" / o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que hoje a mudança chegou aos Estados Unidos." /

Em noite histórica, Barack Obama diz que mudança chegou aos Estados Unidos

CHICAGO - Em uma noite histórica e diante de milhares de pessoas, http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoeseua/2008/11/05/obama_faz_primeiro_discurso_como_presidente_2096597.html target=_topo presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que hoje a mudança chegou aos Estados Unidos.

Leandro Meireles Pinto, repórter do iG nos EUA |

"Se existe alguém no mundo que duvida que os EUA são o país onde qualquer sonho pode se tornar possível, a noite de hoje é a resposta", afirmou o senador por Illinois. "Foi uma espera longa, mas graças ao que fizemos hoje, a mudança está chegando aos EUA", disse Obama.

Desde a manhã de terça-feira os partidários de Barack Obama já aguardavam com ansiedade pelo discurso de Obama, que só aconteceria 12 horas mais tarde. "Este é um momento que me toca no coração. Eu nunca imaginei que ia ver um negro se tornar o presidente dos Estados Unidos", disse o morador de Chicago e eleitor de Obama Michael Cornell, que levou os dois filhos, um de 9 e outra de 14 anos, ao comício. "Eles são parte da história", disse, emocionado.

Obama e a família comemoraram a vitória em Chicago
Obama e a família comemoraram a vitória em Chicago

Ao longo do dia, os partidários acompanharam os desbobramentos da eleição em telões espalhados pelo parque. A cada Estado vencido por Obama, o público comemorava como se fosse um gol em um jogo de futebol. Se o Estado era vencido por John McCain, as vaias eram inevitáveis. "É como acordar na manhã de Natal, nem dá para acreditar que está realmente acontecendo", disse Dorothy Jenkins.

A vitória de Obama também é vista em Chicago como uma boa oportunidade para a cidade. Obama nasceu no Havaí, mas iniciou sua carreia política no Estado, sendo membro da Câmara Estadual e depois Senador pelo Estado de Illinois. "É um orgulho para nós aqui de Chicago ver a carreira de Obama subindo tão alto. Ele vai dar aos EUA uma nova cara para o mundo. E quem sabe vai ajudar a trazer a Olimpíada de 2016 para cá, e não para o Rio de Janeiro", disse Dick Hilton. "Mas não diga para o Lula que eu disse isso", brincou o economista aposentado com a reportagem do Último Segundo .


Milhares de pessoas foram ao Grant Park para comemorar a vitória de Obama / AP

Emoção em Chicago

A emoção dominou o clima de festa no parque do centro de Chicago. Logo após o anúncio da eleição de Barack Obama, estranhos se abraçavam, choravam, dançavam ao som da música que tocava em alto volume. "Essa é a hora de comemorar. Não dá para conter as lágrimas. Não importa o que aconteça amanhã, hoje temos que comemorar", afirmou Betty Marshall, que foi com três amigas ao evento.

O discurso de Obama também teve seus momentos emotivos. Ao falar de sua avó, que morreu um dia antes da eleição, o candidato ficou com os olhos marejados e a voz embargada. Obama também contou o caso de uma senhora de 106 anos que votou nesta terça-feira. "Essa mulher viu todas as mudanças que tivemos e sabe que 'nós podemos'", afirmou, lembrando o slogan de sua campanha.

Mas o momento de maior aplauso para o discurso do presidente eleito foi quando Obama menciou que os Estados Unidos são um país composto de "brancos, negros, asiáticos, latinos, índios e muitas outras raças". "Eu vou ser o presidente de todos", disse.

"A estrada será longa, e talvez não seja possível chegar onde queremos em apenas um ano ou um mandato", afirmou. "Mas eu nunca tive tanta esperança de que vamos chegar lá. Eu prometo que, como povo, vamos chegar lá", conclui o presidente eleito.


Emoção tomou conta de Chicago após eleição de Obama / AFP

Eleição histórica

Obama conquistou a Casa Branca nesta terça-feira, após uma extraordinária campanha de dois anos, derrotando o republicano John McCain e fazendo história ao se tornar o primeiro negro a ser eleito presidente dos Estados Unidos.

Obama tomará posse como o 44o presidente dos Estados Unidos em 20 de janeiro de 2009, segundo projeções das redes de TV norte-americanas. Ele terá pela frente enormes desafios, como a crise econômica, a guerra do Iraque e a reforma do sistema público de saúde.

A vitória de Barack Hussein Obama, 47 anos, filho de um negro do Quênia com uma branca do Kansas, é um marco na história dos EUA, 45 anos após o auge do movimento dos direitos civis, liderado pelo pastor Martin Luther King.

Veja o mapa de como ficou a eleição nos Estados Unidos:

Divulgação
Obama ganhou nos Estados azuis e McCain nos vermelhos

A campanha democrata

Entenda

Opinião

Leia também:

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG