Em meio a protestos, McCain arrecada fundos em Atlanta

Atlanta (EUA) - O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, John McCain, arrecadou hoje em Atlanta (estado da Geórgia) mais de US$ 1,75 milhão em um evento eleitoral que atraiu ainda mais de 50 ativistas em protesto contra a presença do aspirante à Casa Branca na cidade.

EFE |

O evento de arrecadação de fundos em um hotel da região central de Atlanta contou com a participação de centenas de doadores, entre eles renomados líderes políticos do Partido Republicano.

Imagens de TV mostraram ainda cerca de 50 manifestantes que se postaram em frente ao hotel Marriott Marquis para protestar contra a presença de McCain em Atlanta e tentar vinculá-lo a Ralph Reed, o controvertido ex-diretor-executivo de uma coalizão cristã.

"Bush e McCain são a mesma coisa", gritavam os manifestantes, entre líderes sindicalistas e grupos opostos ao conflito no Iraque.

Os ativistas reiteraram sua idéia de que uma vitória de McCain no próximo dia 4 de novembro seria uma "vergonha", por tratar-se de continuidade das fracassadas políticas do atual presidente, George W. Bush.

Reed, que em 2006 buscou sem sucesso a candidatura republicana para vice-governador do estado da Geórgia, tinha solicitado contribuições à campanha de McCain por meio da internet.

Um porta-voz da campanha de McCain, no entanto, não conseguiu confirmar se o ex-dirigente do grupo conservador, atacado pelos democratas, esteve presente no ato de hoje.

Reed não desempenha um papel de destaque na campanha de McCain, mas suscitou controvérsias por seus vínculos com o empresário Jack Abramoff, envolvido em um escândalo de corrupção e de tráfico de influência.

Leia mais sobre eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleiçõeseleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG