Em evento para negros, McCain elogia o rival Obama

CINCINNATI - O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, John McCain, elogiou na quarta-feira seu rival Barack Obama durante um discurso para líderes negros, mas apresentou várias propostas diferentes do democrata a respeito de impostos, gastos públicos e educação.

Reuters |

'Sou um candidato a presidente que busca o seu voto e espera consegui-lo', disse McCain à NAACP, a mais antiga e uma das mais influentes entre as entidades de direitos civis dos EUA. 'Mas, ganhe ou não o seu apoio, preciso da sua boa-vontade e dos seus conselhos. E caso eu vença, precisarei ainda mais.'

Sobre o rival Obama, que tenta se tornar o primeiro negro a governar o país, McCain foi todo elogios.

'Não contem a ele que eu disse isso, mas ele é um sujeito impressionante em vários sentidos', disse McCain, sob aplausos.

'O sucesso dele deve orgulhar os americanos, todos os americanos. É claro que eu espero que o sucesso dele não continue até tão longe quanto ele espera', brincou o republicano.

Essa declaração mostra que McCain entendeu que seria inútil, naquele ambiente, tentar atacar o político mais popular entre os negros dos EUA.

Pesquisa New York Times/CBS News divulgada na quarta-feira mostra que mais de 80 por cento dos eleitores negros têm uma opinião favorável sobre Obama.

Uma outra pesquisa divulgada nesta semana, da Universidade Quinnipiac, mostra que entre os negros Obama tem 94 por cento das intenções de voto, contra apenas 1 por cento para McCain.

McCain já havia sido convidado ao evento da NAACP no ano passado, mas recusou, segundo ele porque sua campanha a presidente naquela época estava quase desativada.

'Como vocês podem se lembrar, eu estava um pouco distraído na época lidando com aquilo que os jornalistas descreveram sem caridade como uma implosão na minha campanha', afirmou.

Leia mais sobre: eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG