Democratas votam em prévia na Pensilvânia

Os locais de votação para as primárias do Partido Democrata abriram as portas na manhã desta terça-feira na Pensilvânia, com Hillary Clinton como favorita, mas com poucas possibilidades de descontar a vantagem de Barack Obama na corrida pela Casa Branca.

AFP |

As eleições na Pensilvânia são as últimas de um grande Estado na temporada de primárias e são consideradas cruciais para manter as aspirações de Hillary para obter a indicação presidencial do partido.

A senadora por Nova York lidera as pesquisas de opinião, mas muitos analistas consideram que ela deveria obter um triunfo com vantagem de mais de dois dígitos sobre Obama para manter vivas suas aspirações presidenciais.

Mesmo uma vitória com 10 pontos de vantagem para Hillary Clinton na Pensilvânia não afetaria muito o atual balanço de delegados, liderado por Obama, já que os 158 delegados que o estado concede para a convenção democrata são distribuídos de forma proporcional aos votos obtidos.

Obama tem atualmente 1.650 delegados, contra 1.508 que respaldam Hillary, segundo dados do site independente RealClearPolitics.com.

Segundo a pesquisa da Universidade de Suffolk (Massachusetts) divulgada na véspera, Hillary obterá 52% das intenções de voto, contra 42% de Obama.

Outra pesquisa, da Universidade de Quinnipac, indica que a ex-primeira dama tem 51% das intenções de voto, contra 44% de Obama.

Segundo esta pesquisa, Clinton obtém a maioria entre os eleitores brancos (57% contra 38% de Obama) e entre as mulheres (57% contra 38%). O senador por Illinois obtém a maioria entre os negros (84% contra 10% para Clinton) e entre os homens (53% contra 42%).

Outra pesquisa, realizada pelo Newsmax/Zogby, dá uma vantagem menor a Hillary Clinton: 48% contra 42% para Obama).

A senadora de Nova York obteve nas últimas 24 horas dois pontos percentuais a mais na intenção de votos, enquanto que Obama perdeu um, segundo a pesquisa Zogby, cuja margem de erro é de 4,1%.

Leia também:

Saiba mais sobre eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG