Democratas culpam republicanos por falta de acordo em crise financeira

WASHINGTON - A aprovação no Congresso de um plano que solucione a crise financeira nos Estados Unidos depende de que os republicanos encerrem sua revolta contra o presidente George W. Bush, disse hoje um legislador democrata.

EFE |

O representante democrata Barney Frank, de Massachusetts e que preside o Comitê de Bancos, disse no programa "The Early Show" da rede "CBS" que se surpreendeu com o grau de dissensão entre os republicanos e Bush.

Os líderes do Congresso retornam na manhã de hoje a suas negociações sobre uma proposta da Administração Bush, com um custo de pelo menos US$ 700 bilhões, que colocará o Governo dos EUA como salvador do sistema financeiro.

O dia também começa com outra notícia catastrófica do setor financeiro: a Administração Bush interveio ontem à noite no banco Washington Mutual e forçou sua venda para o J.P. Morgan após a maior quebra bancária da história do país.

Leia mais sobre eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG