Convenção republicana retoma a agenda após passagem de Gustav

ST. PAUL - A política voltará hoje a protagonizar a Convenção Nacional Republicana, com discursos do senador independente Joseph Lieberman, o ex-senador Fred Thompson e uma declaração via satélite do presidente americano, George W. Bush.

EFE |

Veja galeria de fotos do 1º dia da convenção

A reunião republicana começou na segunda-feira sob a sombra do furacão "Gustav", que atingiu terra pouco mais de 100 quilômetros ao oeste de Nova Orleans.

O ciclone foi menos destrutivo do que se temia, por isso os republicanos decidiram voltar à normalidade em St. Paul, onde acontece a convenção.

O Partido Republicano começou sua convenção ontem, mas eliminaram os discursos de caráter político.

Um deles deveria ser pronunciado por Bush, que hoje fará seu discurso por teleconferência, segundo fontes da organização.

Em horário de máxima audiência também falará, pessoalmente, o senador Lieberman, amigo do candidato presidencial republicano, John McCain.

Lieberman, que saiu do Partido Democrata recentemente, destacará as credenciais de McCain como uma pessoa independente e capaz de trabalhar com políticos de ambos os partidos.

Também haverá o discurso de Thompson, que foi adversário de McCain durante as primárias e é um conhecido ator, que participou da série de televisão "Law & Order".

Estava previsto o discurso hoje do ex-prefeito de Nova York Rudolph Giuliani, mas, por enquanto, foi adiado.

Os organizadores da convenção farão uma descrição detalhada de seus planos em entrevista coletiva às 12h de Brasília.

Veja também:

Leia mais sobre John McCain

    Leia tudo sobre: john mccainmccain

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG