Candidatos à Casa Branca saúdam mexicanos em data comemorativa

WASHINGTON - Os democratas Hillary Clinton e Barack Obama e o republicano John McCain, candidatos à presidência dos Estados Unidos, saudaram hoje a comunidade mexicana por ocasião das celebrações de 5 de maio, quando é comemorada a vitória das tropas mexicanas contra a França na batalha de Puebla, ocorrida em 1862.

Ansa |

"Por ocasião dos festejos de 5 de maio, é necessário recordar que o sonho americano contudo está fora do alcance para muitos latinos", disse Obama em um comunicado.

"Nosso sistema de imigração não funciona nem para as famílias de imigrantes que estão sendo separadas, nem para os trabalhadores (norte-americanos, ndr), que estão preocupados com a concorrência injusta, é por isso que precisamos aprovar uma reforma de imigração integral de uma vez por todas", acrescentou.

Já Hillary declarou que "durante os últimos sete anos, tivemos um presidente cujas políticas se caracterizam pela negligência e promessas em vão aos nossos vizinhos do sul". A ex-primeira-dama disse que se for eleita, trabalhará para realizar "uma ampla reforma de imigração que respeite a lei, nossa herança de imigrantes e nossos valores".

O republicano McCain expressou seu reconhecimento pela "amizade importante" que existe entre estados Unidos e México: "celebramos os muitos investimentos que os norte-americanos descendentes de mexicanos fizeram em nossa sociedade, nossa cultura, nossa segurança e nossa economia".

No entanto, foi o único candidato que não falou sobre sua política de imigração.

Leia mais sobre: eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG