A guerra de palavras entre Obama e McCain por segurança interna

A guerra de palavras entre os candidatos americanos Barack Obama e John McCain chegou a um ponto crítico hoje, quando uma assessora de Obama qualificou de estúpida a política de segurança do governo George W. Bush, segundo ela retomada pelo candidato republicano.

AFP |

"Há duas formas de dirigir esta guerra contra o terrorismo: inteligente ou estúpida. Vimos sete anos de (estupidez) da parte de George W. Bush e John McCain", declarou Susan Rice.

Com expressões mais comedidas, o ex-prefeito republicano de Nova York Rudolph Giuliani, célebre pela administração das seqüelas dos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, acusou Obama "de ter um enfoque muito mais suave, um enfoque defensivo, para combater o terrorismo".

Na eleição presidencial de novembro, os americanos terão que escolher se querem "estar na defensiva ou na ofensiva contra o terrorismo", acrescentou Giuliani em uma vídeo conferência.

jit-chr/sd

Leia mais sobre: eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG