Wagner rebate críticas de Geddel sobre campanha anticrack

Peemedebista diz que governador não acerta na recuperação de viciados em sua política de combate às drogas

Lucas Esteves, iG Bahia |

A campanha anticrack que o governo da Bahia leva adiante este ano foi alvo de ataques do candidato Geddel Vieira Lima (PMDB) devido a um conceito que, no seu entender, é equivocado. Para o deputado federal, o conceito exposto na propaganda – Crack é Cadeia ou Caixão – ignora a possibilidade de recuperação dos usuários da droga.

A avaliação, por outro lado, foi classificada como “piada ou chiste” pelo governador Jaques Wagner durante entrevista na manhã desta quinta-feira na sede da Federação das Indústrias da Bahia (Fieb). O gestor afirmou que ninguém deveria pensar que, apesar do tom forte da publicidade, que o Estado não tem preocupação ou política para os viciados, mas confirmou que o enunciado é feito, de fato, para assustar.

“Para mim, a política contra as drogas tem que ser assustadora, mesmo, para manter a juventude longe do crack. O que não quer dizer que o jovem contaminado não precise de uma clínica que o ajude a se recuperar”, declarou aos jornalistas e, logo após, aproveitou para devolver a crítica ao adversário.

 “Ele queria que eu dissesse o que? Que dissesse à juventude ‘pode ir, pode usar o crack, que depois vamos arrumar uma clínica para tratar você’? Estou tratando de uma coisa séria aqui. O negócio é que eu não faço política com piadas nem chistes”. Segundo o discurso de Wagner, a droga é responsável por 80% dos homicídios na Bahia.

Mais cedo, Geddel Vieira Lima o havia acusado de ignorar o tratamento para recuperação dos viciados em crack e sugeriu uma forma de enfrentar o problema importando uma experiência de Salvador, capital administrada pelo PMDB. “É possível combater o traficante e prestar a devida assistência aos usuários. Em Salvador, há uma instituição municipal que combate álcool e drogas. Temos que espalhar esta iniciativa, melhorar leitos a dependentes químicos”, explicou.

    Leia tudo sobre: eleições bajaques wagnergeddel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG