Candidato do PSC, que abdicou hoje da sua candidatura, estava em segundo lugar; Agnelo Queiroz (PT) liderava com 44%

Antes de desistir da sua candidatura, Joaquim Roriz (PSC) estava em segundo lugar, com 33% dos votos, na disputa pelo governo do Distrito Federal, segundo levantamento Vox Populi/Band/ iG divulgado hoje. Agnelo Queiroz (PT) liderava a disputa com 44% dos votos.

Roriz abdicou hoje da disputa em favor da sua mulher, Weslian Roriz (PSC) . Ameaçado pela Lei da Ficha Limpa, o ex-governador por 4 mandatos tomou a decisão de retirar a candidatura após o impasse dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a lei na sessão de ontem.

Roriz oscilou negativamente 3 pontos em relação à última pesquisa feita pelo instituto em agosto. Já Agnelo ganhou 18 pontos percentuais em um mês e tomou a liderança. Toninho (PSOL) é o terceiro com 3% dos votos. Brancos e nulos somam 7% e os indecisos 13%.

Dilma Rousseff (PT) lidera a disputa presidencial no Distrito Federal com 44%. José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV) empatam no segundo lugar com, respectivamente, 20% e 18%. Brancos e nulos tem 7% e os indecisos 13%.

A margem de erro é de 3,7 pontos percentuais para mais ou para menos. Foram feitas 700 entrevistas entre os dias 18 e 21 de setembro. A pesquisa está protocolada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o nº 31.701/10.

Senado

O senador Cristovam Buarque (PDT), com 50% dos votos, e o deputado federal Rodrigo Rollemberg (PSB), com 38%, lideram a disputa pelas duas vagas do Senado no Distrito Federal.

Abadia (PSDB), candidata apoiada por Roriz, está em terceiro com 25%. Alberto Fraga (DEM) tem 16% e Chico Sant´Anna 2%. Cadu Valadares (PV), Pr. Milton Tadashi (PTN) e Robson (PSTU) tem 1% cada. Brancos e nulos 12% e indecisos 26%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.