Vox Populi: Alckmin mantém vantagem em SP, com 49%

Candidato do PSDB ao Palácio dos Bandeirantes venceria no primeiro turno se eleição fosse hoje, diz novo levantamento

Ricardo Galhardo, iG São Paulo |

O candidato do PSDB Geraldo Alckmin lidera com folga a disputa pelo governo de São Paulo é o que mostra pesquisa Vox Populi/Band/ iG deste segunda-feira. Se a votação fosse hoje, Alckmin seria eleito no primeiro turno com 49% das intenções de voto contra 17% do segundo colocado, Aloizio Mercadante (PT).

Celso Russomanno (PP) tem 9%, Fábio Feldmann (PV), Paulo Skaf (PSB) e Paulo Búfalo (PSOL) aparecem com 1%. A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

Segundo o Vox Populi, a diferença entre Alckmin e Mercadante subiu de 19 pontos em julho para 32 em agosto. Na pesquisa espontânea o tucano tem 21% e o petista 7%. Mercadante lidera o ranking da rejeição com 16% contra 11% de Alckmin e 7% de Russomanno.

O tucano vence em todas faixas etárias, níveis de escolaridade, faixas de renda e regiões do Estado.  O governo do tucano Alberto Goldman tem 30% de avaliação positiva, 34% de regular e 7% negativa. Já a administração federal tem 76% de positivo, 18% regular e 5% negativo.

A pesquisa mostra que Mercadante não alcança o potencial de transferência de votos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Estado. Segundo o Vox Populi, 20% dos paulistas votariam com certeza no candidato apoiado por Lula, 32% dependendo do candidato, 15% não votariam e 30% não levam em conta a indicação do presidente. O PT foi escolhido como partido de preferência de 20% dos entrevistados seguido do PSDB com 8% e PMDB com 3%.

Marta lidera para o Senado

A ex-prefeita de São Paulo e ex-ministra do Turismo Marta Suplicy (PT) lidera a corrida ao Senado com 34%. Três candidatos estão embolados, dentro da margem de erro, na disputa pela segunda vaga.
Romeu Tuma (PTB) aparece com 19%, Netinho de Paula (PC do B) subiu de 13% em julho para 16%, mesmo percentual de Orestes Quércia (PMDB). Ciro Moura (PTC) tem 11%, Moacir Franco (PSL) foi de 6% em julho para 8% e ultrapassou Aloizio Nunes Ferreira (PSDB), que oscilou de 7% para 5%.

O Vox Populi ouviu 1.500 pessoas entre os dias 7 e 10 de agosto. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TER-SP) com o número 70.041/10.


    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG