Vereador usa carro oficial em ato de campanha do filho

Wadih Mutran (PP) defende uso de carro da Câmara Municipal, que ficou estacionado em local proibido na Zona Leste de SP

Piero Locatelli, iG São Paulo |

O corregedor da Câmara Municipal de São Paulo, Wadih Mutran (PP), usou um carro oficial para ir a um ato de campanha do candidato tucano ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), nesta quarta-feira. No local, o filho do vereador e candidato a deputado estadual, Ricardo Mutran (DEM), também fazia campanha.

Agência Estado
Vereador Mutran ao lado de carro oficial
Mutran foi da Câmara à Praça Oscar da Silva, na Vila Guilherme, Zona Leste de São Paulo, com um Vectra de placa preta, reservado ao corregedor da Casa Legislativa. Nas placas do veículo havia a inscrição "Corregedoria CMSP". Ele chegou por volta das 11h e saiu do local às 13h30. O carro ficou estacionado em uma entrada da praça, em local proibido.

Mutran defendeu o uso do carro para ir ao evento. “Eu saio cansado, saio às seis horas da manhã de casa. Volto à meia-noite, uma hora. Tem hora que eu durmo no carro. Eu não posso estar dirigindo. Eu tenho que ter o motorista da Câmara. Agora, vai lá, fala pra eles darem gasolina e motorista que eu ponho o carro meu.”

No local, eram distribuídos panfletos que mostravam declarações do Corregedor em apoio ao seu filho e ao deputado federal Rodrigo Garcia (DEM). Mutran também usava um adesivo de Alckmin em seu paletó.

“Um rapaz e chegou e colocou [o adesivo]. Eu vou dizer não?”, disse o vereador, retirando a propaganda da sua roupa.

O vereador também negou que estivesse fazendo campanha para o seu filho e disse que estava acompanhando o ex-governador na visita a uma Base Comunitária da Polícia Militar. “Fui eu que mandei construir esse posto policial. Ele vai vir aqui e eu quero ter a satisfação dele saber que fui eu que mandei fazer isso”, disse Mutran.

    Leia tudo sobre: eleições spalckminwadih mutrancâmara municipal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG