Vantagem de Dilma chega a 16 pontos sobre Serra no Sudeste

Melhor índice obtido pela candidata petista sobre o tucano é no Nordeste: 68% a 14%

Matheus Pichonelli, iG São Paulo |

A primeira pesquisa Vox Populi/Band/ iG com tracking diário das intenções de voto para presidente mostra que a candidata do PT, Dilma Rousseff, tem 16 pontos de vantagem sobre José Serra (PSDB) no Sudeste. Serra, que já foi governador de São Paulo e prefeito da capital paulista, soma 27% na região, contra 43% de Dilma.

Ainda no Sudeste, a candidata do PV, Marina Silva (PV), alcança o maior índice entre as regiões pesquisadas: 11% das preferências. A vantagem de Dilma para o segundo colocado na pesquisa nacional é de 26 pontos percentuais (51% a 25%). Outros 13% dos eleitores do Sudeste não sabem ou não responderam em quem pretendem votar para presidente. Brancos e nulos somam 6%.

Apesar da vantagem, o Sudeste é o local onde a distância entre Dilma e Serra é a segunda menor do País (16 pontos, contra 14% do Sul). A região, onde se concentra a maior fatia de eleitores, é considerada estratégica para o futuro político tanto dos aliados do governo federal como da oposição. Principal cabo eleitoral das atuais eleições, o presidente Lula já anunciou que, nesta reta final da campanha, dará prioridade aos Estados de São Paulo e Minas Gerais para tentar eleger Aloizio Mercadante (PT-SP) e Hélio Costa (PMDB-MG). Nos dois casos os candidatos estão em desvantagem nas pesquisas.

A região onde a ex-ministra da Casa Civil tem mais vantagem sobre os adversários é o Nordeste, com 54 pontos: 68% a 14%. Marina tem 6% na região.

O tracking diário, que o iG passa a acompanhar a partir desta quarta-feira, é uma pesquisa feita todos os dias com 500 pessoas. A cada quatro dias, a pesquisa consolidada chega a 2.000 entrevistados. A margem de erro para esse conjunto é de 2,2 pontos percentuais.

De acordo com o levantamento, feito entre os dias 28 e 31 de agosto, a ex-ministra de Lula leva vantagem em todas as regiões do País. No Sul, ela tem 46% das preferências, contra 32% de Serra e 4% de Marina (o pior índice da candidata verde). No Norte e Centro Oeste, a petista tem 48% das preferências, contra 30% do tucano e 10% de Marina, que fez carreira política na região (ela nasceu e foi eleita deputada e senadora no Acre).

A vantagem de Dilma em relação ao tucano é praticamente a mesma quando são analisadas as intenções de voto entre homens e mulheres de todo o País. Entre eleitores do sexo masculino, ela tem 51% dos votos, contra 26% do tucano. Dilma tem 50% contra 24% entre as mulheres.

Dilma aparece como a candidata preferida também em todas as faixas etárias, de escolaridade e renda. A distância é menor entre eleitores com mais de 50 anos (49% a 27%), que ganham mais de cinco salários mínimos (43% a 29%) e que têm ensino superior completo (40% a 30%). Nesta última faixa, aliás, Marina obtém o maior índice de votação: 18%.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG