Tucanos fazem balanço positivo da 1ª semana de propaganda na TV

Coordenação da campanha de Serra avalia que críticas são sinal de que a estratégia incomodou adversários

Nara Alves, iG São Paulo |

A coordenação da campanha do presidenciável tucano, José Serra, faz um balanço positivo da primeira semana de propaganda eleitoral na televisão. As peças publicitárias criadas pelo marqueteiro Luiz Gonzalez foram alvo de críticas de adversários, principalmente a respeito do uso da imagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao lado de Serra. A avaliação é de que, se houve críticas, é porque incomodou.

Para o coordenador da campanha de Serra, senador Sérgio Guerra (PSDB-SE), o programa tucano força o PT a apresentar sua candidata ao Planalto, Dilma Rousseff. “Lula está em todo lugar. Agora, o PT tem é que apresentar a Dilma. A trajetória do Serra é comparável à de Lula. Agora, a da Dilma, não”, diz. Guerra garante que a exibição de cenas de Serra com Lula “não é um ato de desespero”. A candidata petista classificou de “patético” o fato de Serra citar Lula em seu jingle de campanha.

Até mesmo aliados que defendem um posicionamento mais claro de oposição ao atual governo questionaram a estratégia tucana. Mas o fizeram indiretamente, por meio da mídia. Segundo interlocutores de Gonzalez, o marqueteiro recebeu apenas elogios por telefone e por email. Não houve, segundo a coordenação tucana, uma manifestação clara e direta de descontentamento com os rumos da campanha dentro da própria coligação.

Ao mesmo tempo em que aposta na aproximação das biografias de Serra e Lula, o PSDB tenta conter a exibição da imagem de Lula em programas petistas. Para isso, a coligação tucana entrou com seis ações no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o PT pedindo que seja descontado tempo do horário eleitoral de Dilma. Uma das representações sustenta que Lula teria utilizado tempo do candidato petista a governador de São Paulo, Aloizio Mercadante para fazer propaganda para Dilma. O PSDB alega que a lei proíbe incluir no horário destinado aos candidatos às eleições proporcionais propaganda das candidaturas a eleições majoritárias.

    Leia tudo sobre: Eleições SerraPleito 2010Luiz Gonzalez

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG