Tribunal conclui que propaganda do tucano usou gravações externas, o que é proibido pela lei eleitoral

selo

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu uma inserção na TV da campanha do candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra . O pedido de suspensão foi protocolado no TSE pela coligação da petista Dilma Rousseff , que alega uso de gravação externa, o que é proibido pela Lei das Eleições.

O ministro Joelson Dias, relator do caso, deferiu o pedido da coligação de Dilma, pois considerou que a inserção de 30 segundos, exibida na noite da última terça-feira, aparentemente utiliza mesmo gravações externas. A inserção não poderá mais ser exibida na televisão, ao menos até que se comprove que não há gravação externa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.