TSE nega pedido de veto a propaganda de Serra

Campanha de Dilma pediu liminar para suspender acusação de que a ex-ministra seria responsável por aumento da tarifa de energia

Agência Estado |

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Joelson Dias negou pedido de liminar para a suspensão de propaganda eleitoral do candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, divulgada na TV. Segundo o recurso, a propaganda estaria acusando a candidata do PT, Dilma Rousseff, de ser a responsável pelo aumento nas tarifas de energia elétrica. O ministro negou também o direito de resposta à candidata.

A coligação de Dilma alega que a propaganda é negativa e inverídica, já que quem detém competência para regular o setor é a Agência Nacional de Energia Elétrica. Na avaliação do ministro do TSE, nessa primeira análise, que é própria das medidas cautelares, a propaganda constitui "aparentemente" mera crítica política e que uma análise mais detida da ação será feita futuramente, no julgamento do mérito.

    Leia tudo sobre: eleições dilmaeleições serradilma 2010tse

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG