TSE mantém direito de resposta do PT contra revista Veja

Plenário entendeu, por maioria, que a matéria Indio Acertou o Alvo ofendeu o partido ao relacionar o PT com o narcoterrorismo

Agência Brasil |

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou hoje, por unanimidade, recurso da revista Veja que pedia a não publicação do direito de resposta conquistado pelo PT na última segunda-feira (2).

Na ocasião, o plenário entendeu, por maioria, que a matéria Indio Acertou o Alvo ofendeu o partido ao relacionar o PT com o narcoterrorismo. A matéria repercutia declarações do candidato a vice-presidente da República pela coligação liderada pelo PSDB, Indio da Costa. Ele acusou o PT de ter ligação com as as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

O recurso julgado hoje, chamado de embargos de declaração, tem o objetivo de esclarecer termos que não tenham ficado claros na decisão e muitas vezes é usado para adiar a conclusão de um processo. Os ministros rejeitaram os argumentos da revista e reafirmaram que o texto da reposta é proporcional ao agravo, ou seja, ao conteúdo da matéria publicada por Veja .

    Leia tudo sobre: eleiçõesptrevista vejadireito de resposta

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG