TSE dá direito de resposta ao PT na revista Veja

Corte entendeu que o partido tem direito de publicar sua versão sobre matéria que vinculou o partido às Farc

Severino Motta, iG Brasília |

Por quatro votos a três o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concedeu direito de resposta ao PT na revista Veja. A ação foi movida pelos petistas devido à publicação de uma matéria com o vice de José Serra (PSDB), Índio da Costa (DEM), ligando o Partido dos Trabalhadores às Forças Armadas Revolucionárias Colombianas (Farc).

Durante o julgamento, os ministros Marco Aurélio Mello, Cármen Lúcia e Aldir Passarinho entenderam que a matéria da revista Veja trouxe fatos históricos mostrando ligações do PT com as Farc. Um exemplo citado pelo semanário e pelos ministros foi o de Olivério Medina, guerrilheiro colombiano cuja esposa brasileira, Ângela Maria Slongo, trabalha na Secretaria Especial da Aquicultura e Pesca.Falaram também do Foro de São Paulo, criado pelo PT, por cubanos do governo Fidel Castro e das Farc.

Os ministros Henrique Neves, Arnaldo Versiani, Hamilton Carvalhido e Ricardo Lewandowski, que foram favoráveis ao direito de resposta, argumentaram que a revista ligou o PT às Farc e aos narcotraficantes que fazem parte da organização. Por isso acolheram o pleito petista a e garantiram a publicação da manifestação petista no tamanho de uma página da revista.

Pedido negado

Ainda nesta segunda-feira o TSE negou um outro pedido de resposta do PT contra a Veja. O partido reclamou de uma matéria citando a participação de uma funcionária da Receita Federal teria acessado dados de Eduardo Jorge, vice-presidente do PSDB, para que um suposto grupo de inteligência da campanha de Dilma Rousseff montasse um dossiê contra os tucanos.

    Leia tudo sobre: TSEdireito de respostaptveja

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG