TSE autoriza aumento do limite de gastos para campanha de Dilma

O ministro Aldir Passarinho autorizou o aumento do limite de R$ 157 milhões para R$ 191 milhões

Agência Brasil |

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deferiu o pedido de alteração do limite de gastos da campanha presidencial da candidata Dilma Rousseff. O ministro Aldir Passarinho autorizou o aumento do limite de R$ 157 milhões para R$ 191 milhões.

Desse total, R$ 176 milhões fazem parte do teto do Partido dos Trabalhadores (PT) e R$ 15 milhões do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). O pedido foi feito por causa do segundo turno da eleição.

Segundo informações do TSE, "na petição, a coligação alega que o pedido se deve aos gastos complementares com organização e divulgação de sua campanha eleitoral afirmando que há dificuldade fática de se prever com precisão as despesas totais".

    Leia tudo sobre: pleito 2010eleições dilma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG